Cirurgia de Pálpebras: Vale a Pena Operar as Pálpebras Inchadas?

Os olhos são as janelas da alma. Você, muito provavelmente, já escutou esta frase por aí, né? Pois bem, o fato é que os olhos e a região ao redor são pontos cruciais no nosso rosto, devendo estar sempre bem cuidados, pois eles são capazes evidenciar muitas coisas sobre a sua aparência e vida. Por exemplo, quando olhamos uma pessoa com olheiras profundas, presumimos que ela está cansada. Hoje abordaremos um tema muito procurado aqui no CuidardaPele.net que são as pálpebras inchadas.

Veja como tratar e como funciona a cirurgia de pálpebras, para quem é indicado e em que casos deve ser feita.



Um problema bastante comum, tanto entre homens quanto mulheres, são as pálpebras inchadas, que podem ser decorrentes de diversos fatores, além de causar sintomas desagradáveis como, por exemplo, ardência e olhos lacrimejados. Acordar com as pálpebras inchadas pode acabar com o seu dia, pois não há maquiagem que ajude a disfarçar.

Cirurgia de Pálpebras

cirurgia de pálpebras inchadas

Porém, felizmente existem diversos métodos que podem ser utilizados para tratar as pálpebras inchadas, deixando os seus olhos com o aspecto normal em pouco tempo. Para você, que sofre com este mal, nós iremos trazer aqui, mais informações sobre as pálpebras inchadas. Confira abaixo:

Por que as pálpebras incham?

As pálpebras podem inchar de uma hora para a outra, mas você sabe por que isso acontece? O inchaço nas pálpebras, região localizada na área superior dos olhos, acontece quando ocorre algum tipo de inflamação na parte interna do olho ou em decorrência do acúmulo de fluídos, também conhecidos como edemas, nos tecidos conjuntivos.

O mais comum é que o inchaço ocorre nas pálpebras superiores dos olhos, mas se o grau de intensidade for alto, ele também pode se concentrar nas pálpebras inferiores, causando dificuldades para abrir os olhos e de enxergar, uma vez que há uma sensação de peso neste local.

Sintomas das pálpebras inchadas:

Não, o inchaço nas pálpebras nos olhos não vem sozinho, ele pode vir acompanhado de outros sintomas, que podem ser quase imperceptíveis ou mais intensos, atrapalhando, e muito, a pessoa nos afazeres do seu dia a dia. Em primeiro lugar, o indivíduo com as pálpebras inchadas pode sofrer irritações nos olhos, semelhante a um arranhado ou coceira.

Além disso, também pode-se sentir o excesso de produção de lágrimas, vermelhidão nas pálpebras e visão obstruídas. Nos casos mais graves, ocorre vermelhidão dentro dos olhos, inflamação da conjuntiva, secreção ocular, ressecamento e até mesmo dor nas pálpebras.

cirurgia de pálpebras
Fotos antes e depois da cirurgia de pálpebras.

Causas das pálpebras inchadas:

Segundo os oftalmologistas, o inchaço nas pálpebras pode estar ligado a diversas causas, que se desencadeiam a partir de fatores internos ou externos. Em primeiro lugar, as pálpebras inchadas podem ocorrer através de alergias oculares, que atingem o sistema imunológico, que reage de forma exagerada ao entrar em contato com uma substância incomum como, por exemplo, pólen, poeira, pelos de animais e até mesmo colírios.

+ Leia também: Como Cuidar da Pele do Rosto: Cremes, Hidratantes e Esfoliantes

A conjuntivite é uma das principais causas das pálpebras inchadas, se caracterizando por ser uma inflamação da mucosa clara na superfície do olho, denominada conjuntiva, que acontece devido à alergia, vírus ou bactéria. O calázio também causa inchaço na parte superior dos olhos, se dando a partir de um bloqueio na glândula meibomiana, sendo semelhante a um terçol.

Se você usa lentes de contato, saiba que deve tomar cuidados redobrados com a higienização dos olhos e dos itens, pois se eles forem armazenados de maneira incorreta pode ficar expostos às bactérias, que irão desencadear infecções e inchaços na área interna e externa dos olhos. 

Tratamento para pálpebras inchadas:

Os nossos olhos são uma das regiões mais sensíveis do corpo. Por isso, antes de sair por aí fazendo qualquer tratamento, a primeira coisa é identificar qual é motivo que está ocasionando o inchaço nas suas pálpebras. Dessa maneira, você não corre o risco de usar um método de tratamento que possa agravar o problema e até mesmo danificar a visão.

Primeiramente, para identificar o que está deixando as pálpebras inchadas é recomendado consultar-se com um oftalmologista, que será capaz de analisar as características do seu caso e analisar qual é o fator desencadeador, o que permite passar um tratamento mais adequado.

Normalmente, quando as pálpebras estão inchadas em decorrência de alergias, o tratamento pode ser realizado com o uso de medicamentos de alergia de via oral, lubrificantes ou colírios histamínicos. Nos casos de conjuntivite, herpes ocular e demais infecções, pode-se usar pomadas oculares anti-inflamatórios, colírios antivirais, além de ser necessário aumentar os cuidados com a higienização dos olhos.

Dica: Ao detectar o inchaço nas pálpebras, o ideal é procurar um oftalmologista para detectar o problema e receber o tratamento adequado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *