Quanto Custa um Peeling? Vale a Pena Fazer?

peelingUm peeling é uma esfoliação química ou mecânica para renovar o aspecto da pele. Conheça os prós e contras.

Quando se trata de cosmética ou estética, tudo vale a pena, desde que respeite certos limites. Tentar parecer ter dez anos a menos, por exemplo, é algo que pode ser oferecido por alguns profissionais de reputação duvidosa, mas, em 99,9% dos casos, redundará apenas em uma aparência plastificada e artificial.



Com o peeling, ocorre o mesmo: ele é útil para promover a renovação das células epiteliais, rejuvenesce o rosto, mas não faz milagres.

Vale a Pena Fazer Peeling?

O inverno é a estação mais propícia para dar início a tratamentos dermatológicos, em função das temperaturas mais amenas e da redução constante à exposição solar. Claro, isto não é regra geral para todas as regiões brasileiras, mas os resultados do peeling são mais eficazes, a menos que o ar esteja excessivamente seco.

Com exceção destes fatores – ou para quem pode se dar ao luxo de não ter de sair de casa por dez ou quinze dias – os tratamentos através do peeling quase sempre oferecem bons resultados. Com exceção rata-se de um procedimento médico e deve ser indicado e realizado preferencialmente por um dermatologista ou por um profissional que esteja sob sua orientação. Existem vários tipos de peelings, confira.

peeling de cristal

Peeling de Cristal

Os peelings de cristal e diamante são considerados de intensidade apenas superficial. Isto significa que eles “lixam” a epiderme, a camada externa da pele, retirando células mortas. São indicados para pessoas em tratamento contra acne ou marcas de espinhas mais evidentes, determinadas por condições hormonais ou por alguns problemas de saúde.

+ Leia: Peeling de Cristal – Preço, Antes e Depois e Resultados

O tratamento é indolor e bastante suave, em comparação a outras técnicas. Justamente por isto, ele costuma ser empregado em um número maior de sessões, o que pode provocar vermelhidão e a recuperação de um peeling de cristal pode demorar de três a sete dias, período no qual a exposição ao Sol deve ser evitada, para que a formação de manchas nas novas células não comprometa o tratamento. Mesmo à sombra, e pele deve ficar permanentemente protegida com protetores solares.

peeling vale a pena

Ácidos Retinoico (peeling)

Os ácidos retinoico e glicol, e também o fenol, são indicados pelos dermatologistas para lesões mais sérias. A concentração determina se os produtos formulados com ácidos serão úteis para problemas dermatológicos moderados ou graves. Em geral, são empregados para peles com linhas de expressão, rugas, cicatrizes mais marcadas da acne, manchas e sulcos mais profundos.

A não ser que um médico indique expressamente o uso destes produtos, ele é contraindicado para adolescentes, grávidas e mulheres durante a amamentação. Por outro lado, estes tipos de peelings promovem uma esfoliação mais profunda e isto estimula a formação de novas células, garantindo coloração mais uniforme e textura mais suave, eliminando ou atenuando mais intensamente as sardas, manchas e cicatrizes mais profundas de espinhas e acne.

+ Leia: Peeling Químico – Como Funciona? Confira os Resultados

peeling a laser

O peeling com ácidos é naturalmente mais agressivo à pele, demandando período mais para a recuperação. O procedimento (que em alguns casos demanda a intervenção em um centro cirúrgico) pode conferir aspecto de queimaduras e maior sensibilidade durante algumas semanas. Por isto, o acompanhamento médico é fundamental.

Peeling a Laser

A indicação é a mesma dos peelings químicos: intensidade mediana a profunda. O peeling a laser apresenta resultados bastante positivos para peles com rugas, sulcos profundos, marcas de acne e manchas mais acentuadas.

+ Leia: Peeling de Diamante – O que é? Antes e Depois, Preço e Informações

Pessoas de pele morena ou negra precisam tomar cuidados especiais, já que o peeling a laser pode provocar alterações na produção da melanina, surtindo um efeito contrário ao esperado. A renovação celular é mais rápida, mas é preciso cuidado com as manchas castanhas que surgem em poucos dias. A pele precisa ficar protegida por filtro solar, hidratante e, em alguns casos, o dermatologista precisa receitar alguns medicamentos.

Quanto Custa um Peeling?

Os tratamentos mecânicos (cristal e diamante) custam de R$ 60 a R$ 150. Os peelings químicos são mais caros: cada sessão fica entre R$ 150 e R$ 250. Um tratamento a laser pode chegar a R$ 400 por sessão. Estes valores são diferentes de acordo com a região do país e com o nível econômico da região em que o procedimento é realizado.

Peelings são bons tratamentos para a pele e normalmente, quando conduzidos por profissionais experientes e éticos, atingem resultados satisfatórios. No entanto, não são “milagrosos”. É preciso desconfiar de tratamentos que prometam uma “plástica facial em poucos minutos”.

+ Confira: Cremes para o Rosto – Uma pele saudável e bonita

Mais que isto, é preciso ser realista e aceitar os resultados das agressões provocadas por longos anos de exposição inadequada ao Sol, pela negligência em tratamentos contra espinhas ou acne e principalmente pela chegada da meia idade. A beleza é feita por um conjunto de fatores – e o avanço da idade é um entre eles.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *